Primeiro volume de “Elementais” completo!

18/06/2009 às 1:10 PM | Publicado em Informativo, Livros, Papo com o Leitor | 19 Comentários
Tags: , , , , , ,

Elementais - BFF

É com muita felicidade, orgulho e vontade de zerar logo o bendito Persona 3 pra começar o 4 que eu anuncio que o primeiro volume de Elementais, Yūai Tenshi Elementais Volume I: Das Blühen des Lichtes, está completo! Depois de muito reescrever e mudar um bocado de coisas, acho que essa versão ficou muito melhor. Está mais bem explicada, organizada e pára em um ponto melhor do que antes, sem introduzir tantos personagens de uma só vez. A história, portanto, ficou mais devagar, sem apressar muito as coisas, conforme o JRP aconselhou.

A questão agora é publicar. Vou enviar novamente para editoras (mais editoras), claro, mas também vou me preparar para uma possível publicação independente. É nesse ponto que eu começo a duvidar um pouco daquele provérbio que diz: “Começar é fácil, continuar fazendo é que é difícil.” Pô, começar tá difícil pra caramba! Hehehe.

Mas, paciência. Enquanto isso, vou consertando e melhorando algumas coisinhas no livro pra ficar o mais próximo possível da perfeição de acordo com o que for humanamente (e computadoramente: mexer com linha, tamanho de fonte e capa no Word me deixa exausto) possível para mim.

Até mais, me desejem sorte!

Anúncios

Resumo da Semana I

13/06/2009 às 1:39 AM | Publicado em Cotidiano, Papo com o Leitor | 2 Comentários
Tags: , , , , , , ,

Está na hora doooooo….. RESUMO DA SEMANA! Tcharam! Hehehe. É, bem, como deve ser possível deduzir, vou falar rapidamente dos acontecimentos (nada) emocionantes da minha semana.

Começando pela nossa amada segunda-feira, simplesmente fui à faculdade e tive minha aula de Estatística normalmente. Hein? Tá querendo saber por que eu tenho aula de Estatística no curso de Psicologia? Porque um psicólogo tem que saber preparar planilhas e fazer previsões quando trabalha em clínica! O trabalho de um psicólogo não consiste em apenas atender os pacientes, mas também cuidar de todos os dados referentes a eles.

Na terça, aula de Fundamentos Sócio-Antropológicos na Saúde (abreviado às vezes por nós alunos como “Fundamentos”, “Sociologia” ou “Antropologia”, apesar de não ser exatamente nenhum deles). Sempre rola uma discussão muito construtiva sobre a atualidade! Depois, Introdução à Psicologia I, a aula favorita de todos e com a professora favorita de todos! Eu e meu grupo apresentamos nosso trabalho que já mencionei aqui antes onde tínhamos que entrevistar um psicólogo e falar sobre a área e a formação dele. A psicóloga entrevistada por nós, como já foi dito, trabalhava na área escolar e era psicóloga junguiana. A minha parte era explicar à turma um pouco sobre a psicologia analítica de Jung. Foi ótimo o trabalho e rendeu um bom papo com a professora e a turma. Acho que a professora gostou, espero! À tarde, eu tive que fazer um trabalho que consistia em responder a perguntas que há em um livro que usamos em sala e entregar no dia seguinte (quarta) na hora da prova (sim, tive prova, mais detalhes no próximo parágrafo). Ainda à tarde, foi minha segunda aula de direção. Estamos progredindo!

Na quarta, prova de Teorias e Sistemas Psicológicos I, junto com a qual tinha-se que entregar o trabalho com as perguntas respondidas que mencionei, valendo dois pontos (a prova valia oito). A prova estava até meio fácil, sei que tirei pelo menos uns 4, o mínimo que eu precisava para não repetir essa disciplina (ainda, haha). A matéria incluía principalmente o início da psicologia moderna, cujo fundador foi Wilhelm Wundt, e o chamado behaviorismo de John Watson, que é uma das principais vertentes da psicologia hoje, juntamente com o humanismo de Abraham Maslow e a psicanálise de Sigmund Freud.

Quinta foi feriado e eu apenas tirei um tempo para escrever mais um pouco de Elementais (estou quase no fim do primeiro volume!) e ver coisas aleatórias na internet que nem eu me lembro direito, hahaha.

Hoje, sexta, teve prova de Filosofia. A matéria? Platão e Aristóteles. Recentemente tenho me sentido muito platônico, não no sentido de estático ou não correspondido, mas sim de estar de acordo com as idéias dele. Após ler a Alegoria da Caverna eu fiquei espantado em ver que alguém lá naquela época da Grécia antiga já tinha noção de coisas tão distantes do homem comum hoje. É, pensador é isso. Qualquer um pode ser um pensador e “abrir os olhos” para certas coisas do nosso mundo, como diz a Alegoria, mas o problema é que o homem moderno é cego e preconceituoso demais. E aí complica…

Auto Escola: Aula Prática / Psicologia Analítica de Jung

04/06/2009 às 5:04 PM | Publicado em Cotidiano, Papo com o Leitor | 2 Comentários
Tags: , , , , ,

Nossa, não lembro a última vez que fiquei tão nervoso! Pois é, hoje foi a minha primeira aula prática da Auto Escola. Não fiquei nervoso durante a aula, mas antes dela. É, sou assim. Na hora do “vamos ver” eu até relaxo, porque se você está na chuva, molhe-se logo! O problema mesmo é a ansiedade antes. O mesmo acontece com uma coisa boa, eu prefiro a parte do aguardar por uma coisa boa que eu sei que está vindo do que estar vivenciando-a. Vai entender…

Bem, como diz a minha irmã, se qualquer retardado mental dirige um carro (no sentido “burro” da palavra, hein, não vamos confundir com aqueles que realmente não possuem condições mentais saudáveis o bastante para qualquer atividade motora) eu também dirijo. É, é verdade, mas, mesmo assim, sou ser humano e fico nervoso. Mas, a aula correu bem e sei que em breve meus movimentos em relação a pedais e marchas ficarão mais automáticos.

++++++++++++++++++++++++++++++

Semana que vem eu tenho que apresentar um trabalho na faculdade que consistia em fazer uma entrevista com um psicólogo e apresentar as teorias e particularidades da formação e da área em que ele atua. A psicóloga que meu grupo entrevistou trabalha na área escolar e é de formação da Psicologia Analítica de Carl Jung, coincidentemente a qual eu tenho mais interesse até então e é a formação que pretendo seguir, mas, por enquanto, nada totalmente certo! Mas podem notar que Elementais é repleto de referências Junguianas e Gnósticas (Gnosticismo o qual Jung também estudou).

A Psicologia Analítica leva em conta fatores que a Psicanálise de Freud descartava totalmente, como o fator do Inconsciente Coletivo e outras questões místicas que não aparentavam ter pertinência na psicologia que é uma ciência. Ora, se é uma ciência, ninguém permitiria fatores místicos e sobrenaturais como teses, certo? Bem, por isso que, apesar de um grande psicólogo, Jung era um tanto quanto “anulado”, pelo menos até hoje, porque cada vez mais vem se dando valor a seus conceitos e suas idéias estão cada vez mais presentes em universidades, livros, filmes, jogos de vídeo game (os japoneses usam MUITO os conceitos de Jung em RPGs) e no próprio cotidiano.

Bem, espero que vá tudo bem no trabalho!

E como um adendo, tenho um trabalho amanhã de Filosofia onde iremos falar sobre Friedrich Nietzsche. Bom, muito bom! Nietzsche era fera, completamente doido, mas era fera.

Pequenas mudanças!

09/05/2009 às 3:35 AM | Publicado em Informativo | 2 Comentários
Tags: , , ,

Quero anunciar algumas pequenas mudanças que fiz devido a alguns problemas com o sistema do WordPress. Recentemente, os técnicos do WordPress resolveram “consertar” a formatação do editor de texto das postagens e, juntamente com isso, a forma como o editor de texto interpreta a formatação que você cola nele. Por exemplo, se eu quero postar um capítulo de Elementais, eu copiaria do Word e colaria ele no editor de texto do WordPress e mandaria postar, como todo mundo faz. No entanto, esse método de copiar do Word causava problemas ao sistema do WordPress e eles resolveram acabar com a formatação trazida de um programa alienígena.

Exemplo: Se o meu texto está escrito em vermelho com fonte Verdana no Word e tento colar no editor de texto do WordPress, ele agora transforma tudo em uma fonte universal e o vermelho torna-se preto, e acaba com toda a formatação, destruindo os parágrafos e separando linhas de formas totalmente confusas.

Antes, eu postava os capítulos de Elementais com toda uma formatação direitinha pra ficar sempre igual, mas aí, os caras vão e acabam com o recurso de trazer a formatação do Word.

Maaas, como muitas vezes algo bom pode sair de algo ruim, tentei solucionar o problema da seguinte forma: todos os capítulos de Elementais estarão agora em formato .pdf. Você clica para entrar na página do capítulo e clica mais uma vez no nome que lá estiver e, prontinho, o .pdf vai abrir como mágica (tá, como a ótima tecnologia pela qual ele foi inventado)!

Sabe que é até melhor? Porque, por exemplo, a tela do arquivo .pdf é muito mais “limpinha”, você pode transitar entre as páginas com muito mais facilidade, dar mais ou menos zoom, fazer download caso queira ler a qualquer hora ou imprimir e, por último mas não menos importante, poderá ler exatamente no formato que eu o escrevi, ou seja, com a fonte que eu escolhi, com o espaçamento que eu escolhi e tudo mais exatamente da forma como está no meu computador.

Viu como algo bom poder vir der algo ruim? Espero que gostem, porque acho que há muito mais vantagens agora!

Propaganda Básica!

24/04/2009 às 1:52 AM | Publicado em Informativo | Deixe um comentário
Tags: , , , , , , ,

Venho aqui hoje para postar os links de algumas comunidades das quais sou dono no Orkut, inclusive a de Elementais, que agora não contém mais os capítulos antigos (dei uma varrida geral) para dar lugar a atualizações.

 

Bem, vamos lá:

 

Alive – The Final Evolution (dedicada ao mangá e futuro anime de mesmo nome): http://www.orkut.com.br/Main#Community.aspx?cmm=56410130

 

Yoshinori Kitase (dedicada a esse diretor/produtor/roteirista de alguns jogos da série Final Fantasy): http://www.orkut.com.br/Main#Community.aspx?cmm=55233357

 

Light Novels (dedicada às light novels, romances de leitura rápida com ilustrações estilo mangá, de onde se originaram animes como Suzumiya Haruhi no Yuu’utsu, Shakugan no Shana e Full Metal Panic!): http://www.orkut.com.br/Main#Community.aspx?cmm=62155749

 

Yuuai Tenshi Elementais (dedicada a essa história que escrevo): http://www.orkut.com.br/Main#Community.aspx?cmm=48951817

Capítulo 2 de “Elementais” postado!

18/04/2009 às 9:39 PM | Publicado em Papo com o Leitor | Deixe um comentário
Tags:

Yuuai Tenshi: Elementais

Pronto! Para quem estava esperando (se é que havia alguém esperando, né), saiu o segundo capítulo! É só clicar na imagem “bunitcha” feita no Paint! Haha.

Onde fica a Cidade de Karakura?

16/04/2009 às 12:28 PM | Publicado em Informativo, Mangás | 12 Comentários
Tags: , , , , , , , , , , , , , , ,

Bleach Resonating Souls Pág. 30

 

Essa é uma pergunta que me intriga faz um tempo. O mais curioso é que existem várias fontes que indicam locais diferentes, porém mais ou menos na mesma área.

 

Sabemos que locais fictícios raramente têm uma localização exata justamente porque costumam entrar em conflito com o que realmente há em determinada região ou em volta dela. Se eu inventasse um estado fictício para o Brasil, ou eu teria de mudar a forma do país ou a forma de no mínimo outros dois estados para fazê-lo “caber” ali. Ou uso a solução mais agradável: deixo implícito que é um estado fictício, digo mais ou menos onde ele ficaria e deixo o resto com o leitor/espectador.

 

Mas, como eu não tenho nada melhor pra fazer (na verdade, tenho: estudar para a prova de Filosofia amanhã, terminar meu dever de japonês, ligar pra auto-escola pra marcar a data da prova, terminar a nova versão de Elementais, zerar Persona 3 de uma vez por todas porque eu quero jogar logo o 4, etc…), vou postar aqui algumas teorias baseadas em fontes (quase) confiáveis.

 

1ª TEORIA: É UMA DAS CIDADES QUE FICAM NO OESTE DE TÓQUIO.

 

Bem, essa é a afirmação da Wikipédia japonesa: “作中の世界に存在する東京にある普通の町”.

 

Não diz especificamente no oeste de Tóquio, mas, explico: A parte leste de Tóquio é composta por bairros ou distritos especiais e não cidades, portanto, Karakura é uma cidade (chō) e não um bairro/distrito (ku). Então sobra todo o lado oeste da metrópole que aí sim é composto por cidades, e Karakura poderia ser uma delas.

 

No entanto, há uma pequena falha na teoria. Não exatamente uma falha, mas algo que poderia possivelmente ser uma boa pista do porque não fica nessa região: praias. Isso mesmo, não há praias no oeste de Tóquio. E, como já foi mostrado em Bleach várias vezes, Karakura parece ser uma cidade praiana, ou no mínimo que fica próxima a uma. Definitivamente uma pista a ser levada em conta.

 

O que nos leva à segunda teoria:

 

2ª TEORIA: FICA NA PROVÍNCIA DE KANAGAWA, ONDE É A CIDADE DE FUJISAWA.

 

Mais uma vez, uma afirmação da Wikipédia: “テレビ東京系のテレビアニメ「BLEACH」に登場する町「空座町(からくらちょう)」は、藤沢市の位置に存在している”.

 

Ou seja, onde existiria a real cidade de Fujisawa, seria a Karakura do mangá/anime. Essa teoria é interessante e já faz mais sentido quanto ao problema da praia.

 

Em Fujisawa fica talvez a praia mais famosa do Japão, Kugenuma, conhecida por ser onde se originou o surfe no Japão, onde pessoas de todas as idades e níveis de competição praticam o esporte todos os dias. Dali, proliferou-se pelo país, até encontrar outras praias com boas ondas para a sua prática, como a também famosa praia de Kamogawa, em Chiba.

 

Bem, mas, chega de curiosidades de surfe! O negócio aqui é debatermos sobre Karakura.

 

O autor de Bleach chegou a falar que gosta muito de praia, mais um motivo para ele usar como referência e também como local uma cidade como Fujisawa.

 

Mas, outro pequeno detalhe nos leva a uma terceira teoria:

 

3ª TEORIA: FICA ONDE É YOKOHAMA.

 

Não é uma boa base para se basear, mas, isso pode ter alguma relevância. Reparem na imagem abaixo que apareceu no episódio 214, onde a câmera vai se aproximando da Terra até entrar na cidade de Karakura:

  Karakura Episódio 214

 

Se forem pesquisar, verão que a região iluminada da foto é exatamente onde fica a cidade de Yokohama, também na Província de Kanagawa.

 

Certamente é uma cidade litorânea, só não sei se há praias, mas provavelmente sim, pois o próprio nome da cidade inclui a palavra “hama” que quer dizer “praia”.

 

Eu acho que confiar apenas em uma imagem sem divisórias e ambígua como essa não é um jeito bom de se descobrir, mas, é algo a ser levado em conta também.

 

+++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++

 

No fim, é aquilo: local fictício raramente é indicado claramente, principalmente quando fica próximo a locais reais. Em Elementais mesmo eu tenho a Orla das Gaivotas que, por enquanto, não vou revelar sua localização certa, mas, já deixei algumas pistas! O mesmo acontece com Tomiuga, que já até cheguei a falar que fica na região oeste de Tóquio. Há mais locais fictícios, mas, primeiro, a história tem que andar! Hehe.

Amostra da nova versão do primeiro capítulo de Elementais!

04/04/2009 às 1:10 AM | Publicado em Livros | Deixe um comentário
Tags:

Pronto! Resolvi postar o primeiro capítulo de Elementais como amostra da nova versão e espero que curtam… e deixem comentários!

 

CLIQUE AQUI PARA LER O PRIMEIRO CAPÍTULO!

Coisas sobre o novo Fullmetal Alchemist

16/03/2009 às 5:24 PM | Publicado em Informativo | 2 Comentários
Tags: , , , , ,

E aí, gente!

 

Tão ansiosos pelas coisinhas legaizinhas (ui) que estão vindo por aí? Dragon Ball Evolution, Dragon Ball Kai, o novo Fullmetal Alchemist, por exemplo?

 

Tá, ninguém tá olhando o filme de Dragon Ball com bons olhos até agora, até porque já estreou no Japão e já teve muita gente falando mal dele por lá, mas, sei lá, né, vamos ver!

 

Bem, eu queria falar mais especificamente do Fullmetal Alchemist. O novo anime dele que promete ser mais fiel à história do mangá. No site oficial, já há novos trailers e informações a respeito da produção e dos bastidores. Vamos ao que eu achei mais interessante: os dubladores e o tema de encerramento.

 

Falando dos dubladores, estejam avisados que, segundo a lista que está no site, pude perceber a mudança de alguns deles. Só irei listar aqueles que mudaram, são eles:

 

Winry Rockbell, que antes era dublada pela Megumi Toyoguchi, é agora dublada pela Megumi Takamoto.

 

Roy Mustang, que antes era dublado pelo Toru Ohkawa, é agora dublado pelo Shinichiro Miki (Urahara Kisuke em Bleach).

 

Riza Hawkeye, que antes era dublada pela Michiko Neya, é agora dublada pela Fumiko Orikasa (Kuchiki Rukia em Bleach).

 

Jean Havoc, que antes era dublado pelo Yasunori Matsumoto, é agora dublado pelo Yuji Ueda (Urashima Keitaro em Love Hina)

 

Heymans Breda, que antes era dublado pelo Tomoyuki Shimura, é agora dublado pelo Biichi Satou.

 

Kain Fury, que antes era dublado pelo Tetsu Shiratori, é agora dublado pelo Tetsuya Kakihara (Yutaka Mikoto em Princess Princess).

 

Vato Falman, que antes era dublado pelo Takehiro Murozono, é agora dublado pelo Kenji Hamada (Takigawa Hosho em Ghost Hunt).

 

Maria Ross, que antes era dublada pela Mitsuki Saiga, é agora dublada pela Kaori Nazuka (Eureka em Eureka Seven).

 

Scar, que antes era dublado pelo Ryotaro Okiayu, é agora dublado pelo Kenta Miyake (Tsume em Wolf’s Rain).

 

Lust, que antes era dublada pela Yuuko Satou, é agora dublada pela Kikuko Inoue (Kazumi Mizuho em Onegai Teacher/Onegai Twins).

 

Gluttony, que antes era dublado pelo Yasuhiro Takato, é agora dublado pelo Tetsu Shiratori (Lloyd Asplund em Code Geass).

 

Envy, que antes era dublado pela Mayumi Yamaguchi, é agora dublado pela Minami Takayama (Edogawa Conan em Detective Conan).

 

Zolf Kimblee, que antes era dublado pelo Yuji Ueda, é agora dublado pelo Hiroyuki Yoshino (Sumimura Yoshimori em Kekkaishi).

 

Bem, há muitas trocas de vozes, mas, felizmente, o Ed e o Al permanecem com a Romi Paku e a Rie Kugimiya, respectivamente.

 

Interessante notar que, como eu gosto de brincar de dublagem e atribuir seiyuus (dubladores japoneses) aos meus personagens, vejo que muitos dos que eu escolhi já participaram ou participarão da nova versão de Fullmetal Alchemist. São eles:

 

Megumi Toyoguchi como Daniela Abelli

Toru Ohkawa como Tenente Seigo Yanahara

Shinichiro Miki como Paulo Schroeder

Michiko Neya como Sin

Fumiko Orikasa como Rumiko Hiroshima

Yasunori Matsumoto como Carlos Vieira

Yuji Ueda como Kazuki Imamura

Mitsuki Saiga como Fábio Arany

Kaori Nazuka como Tori

Ryotaro Okiayu como Core

Romi Paku como Leonardo Resnik

Rie Kugimiya como Jaime Schroeder

 

Alguns deles estão até listados na comunidade de Elementais no Orkut, mas, alguns que listei aqui ainda não estão lá.

 

Voltando a FMA, já foi revelado o tema de encerramento. Chama-se “Uso” (trad.: Mentira), da banda Sid. Ao entrar no site oficial http://www.hagaren.jp/ tocará um vídeo com um trechinho da música.

 

Achei bem legal!

 

Bem, ficamos por aqui por hoje. Até a próxima!

Viagem e, claro, BLEACH!

09/03/2009 às 6:52 PM | Publicado em Informativo | 1 Comentário
Tags: , , , , , , , , , , ,

Só dando uma passada rápida aqui pra não deixar o blog morrer!

 

Bem, de assuntos interessantes, tem a minha loooonga e cansativa viagem nesse fim de semana ao Fim do Mundo a.k.a Itajubá, Minas Gerais para o casamento do meu primo. Se você é de Itajubá, não se sinta ofendido, eu estou apenas me referindo à distância, não à cidade em si. No geral, foi bacana, mas, não sou muito de festas, o que inclui festa de casamento. Eu gosto de viajar de carro, mas, viajar enjoado ou com dor de barriga é uma coisa que não desejo nem para meus inimigos (os quais não tenho, hehe).

 

A parada em Campos do Jordão para o almoço na volta para o Rio foi legal, principalmente pelo fato de eu nunca ter sequer botado os pés em alguma cidade do estado de São Paulo antes (vergonhoso, eu sei). Cara… COMO TEM JAPONÊS! E eu nem tava na Liberdade na grande São Paulo!

 

Aqui no Rio eu quase não vejo pessoas de descendência oriental, é bem curioso isso. Falando rapidamente de Elementais, sabe que eu tenho uma idéia ou outra para um spin-off que se passa em São Paulo? Mas isso seria pra daqui a muito tempo e só quando o livro ficar famoso (eu falo com tanta convicção de que vai dar certo, né? Haha).

 

+++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++

 

Mudando radicalmente de assunto, alguém está bem ansioso pelas novas músicas de abertura e encerramento de Bleach? Pô, fala sério, a banda que fará a nova música de abertura “Shojo S”, chamada Scandal, composta por quatro garotas que ainda parecem estar no Ensino Médio, toca muito! Das três músicas que ouvi, dadas por links no site bleachPROJECT, achei todas ótimas. Os caras dos estúdios de animação realmente sabem escolher boas bandas para esses animes famosíssimos.

 

O novo tema de encerramento ficará a cargo da banda Sambomaster, que já fez uma música para Bleach, o tema do segundo filme. E, a música que eu adoro citar, que é a quinta abertura de Naruto (o normal, não o Shippuuden), “Seishun Kyousoukyoku”, pra mim melhor do que “Haruka Kanata” e “GO!!”, as favoritas da galera.

 

Estou com altas expectativas e acho que não irão me decepcionar!

 

Agora, já que falei em Naruto, estou há semanas sem ver. Não que eu não assista fillers, eu até acho bacana alguns, mas, sei lá, tá TÃO chato ultimamente, e Bleach tá TÃO melhor (tanto o mangá quanto o anime, se bem que o mangá de Naruto melhorou muito) que é só o que eu tô assistindo mesmo.

 

“Velonica” é uma música maravilhosa, com ritmo e letra boas demais, mesmo. Vai ser difícil dar adeus a ela, mas, bem, novas músicas têm que vir! E que venha “Shojo S” (Garota S)!

 

« Página anteriorPróxima Página »

Blog no WordPress.com.
Entries e comentários feeds.