Temas de animes, games e doramas no Apple Music

25/06/2017 às 8:45 PM | Publicado em Animes, Japão, Música | Deixe um comentário
Tags: , , , , , , , , ,

Compilei uma lista de músicas de animes, games e doramas disponíveis no Apple Music para quem tiver algum interesse. O acervo de músicas japonesas no serviço de streaming é razoável, mas às vezes podemos ficar um pouco perdidos para achar o que queremos, especialmente quando algumas das músicas e dos artistas são mostrados com seus nomes originais em caracteres japoneses.

A lista funciona assim:

  • Primeiro, em negrito, o nome do artista como está escrito no Apple Music. Pode haver pequenas variações em relação à forma como vocês estão acostumados a vê-lo. Quando ele estiver em kanji ou kana, eu incluo ao lado entre colchetes a transcrição para letras romanas.
  • Depois, entre aspas, o nome da música. Novamente, o nome pode diferir do que se vê por aí. Nomes de músicas do ASIAN KUNG-FU GENERATION, por exemplo, foram inteiramente traduzidos para o inglês com o mercado ocidental em mente. Ao lado dos nomes em kanji e kana, o nome romanizado.
  • Finalmente, depois do travessão, o anime, game ou dorama ao qual pertence a música. Como os títulos de muitas obras japonesas ganham traduções quando elas vêm para o Ocidente, incluí onde julguei necessário ambos os nomes pelos quais cada uma pode ser conhecida.

Apesar de constarem nesta lista as músicas disponíveis no Apple Music, muitas também estão no Spotify e, talvez, em outros serviços, mas não todas. Também é bom salientar que de maneira nenhuma esta é uma lista exaustiva, ou seja, que encerra todos os temas de obras japonesas existentes. Listei apenas as músicas que encontrei e conheço. Esta lista será atualizada e melhorada sempre que eu encontrar uma nova música ou notar algum erro nela. Fiquem à vontade para enviar quaisquer músicas (que sejam temas de obras japonesas) que você encontrar, seja comentando neste post ou pelo meu Twitter.

Aproveitem!

A LISTA

Frivolidades

03/03/2015 às 6:43 PM | Publicado em Papo com o Leitor | 1 Comentário
Tags: , , , , , , , , ,

Eu gosto de livros. Eu gosto de videogame. E embora não goste de programas de TV como Big Brother Brasil, estou pronto para defendê-los quando a hipocrisia entra em questão.

O que estou querendo dizer? Bem, falo sobretudo dos argumentos usados para defender ou atacar produtos e obras de forma impensada — do desespero que gera desculpas esfarrapadas.

Nos últimos tempos, cresceu o número de defensores dos livros de entretenimento no Brasil — junto com o crescimento de leitores — contra as atitudes e pensamentos esnobes da galera intelectual, da chamada “alta literatura”.

É louvável esse tipo de defesa, mas não com os argumentos que vêm sendo apresentados. “Ler, qualquer coisa que seja, é bom, porque…” …estimula a mente, aumenta o vocabulário, abre novos horizontes…

OK, ótimo, mas se olharmos de perto, veremos que são argumentos muito parecidos com os do pessoal da alta literatura. É como se a mera diversão de ler um livro não fosse argumento bom o suficiente para alguém fazê-lo.

Nós, que gostamos de uma leitura prazerosa sem nos importarmos se ficaremos mais inteligentes no final, não devemos satisfações a ninguém.

O mesmo vem acontecendo no mundo dos games, com essa necessidade de mostrar ao governo quão educativos os jogos podem ser, que estudos apontam que jogar é benéfico à coordenação motora da criança e blá-blá-blá.

Programas de TV como o Big Brother sofrem críticas ferrenhas por não terem “compromisso educativo com a população” ou seja lá como queiram chamar.

Acho que esse desespero de querer mostrar que isso ou aquilo é bom ou ruim para a educação de um indivíduo é típico de países que não conseguem lidar com seus problemas de violência e/ou desigualdade social.

Não acho, por exemplo, que sejam comuns debates sobre o teor educativo de programas de TV, mangás ou jogos no Japão, já que essas coisas são vistas, em sua maioria, como meios de diversão e a sociedade já funciona de forma razoavelmente ordenada.

Você joga futebol ou anda de skate para ficar mais inteligente? Ou com o único propósito de ficar mais saudável? Acho que isso não passa pela cabeça de uma criança. Ela quer diversão, e não há problema nisso.

Se fôssemos analisar tudo o que fazemos e julgarmos que só vale a pena fazer o que nos faz evoluir física ou intelectualmente, vamos acabar como a galerinha lá da alta literatura, que pelo visto nunca jogou futebol na vida e só ouve música clássica, sei lá.

Compilação de tweets não publicados (3)

26/04/2013 às 8:05 PM | Publicado em Besteiras, Papo com o Leitor | 3 Comentários
Tags: , , , , , , , , ,

Sem querer puxar a sardinha pro meu lado, mas sinceramente acho que uma aulinha ou duas de psicologia social não fariam mal a ninguém.

Sei lá, o povo é muito… etnocêntrico. Não consegue analisar algo de outra cultura pelos olhos dessa cultura. Já falei disso aqui antes.

Sobre o Naruto ser gay, por exemplo. Ele não é GAY, ele é JAPONÊS. Pergunta-se: que elementos configuram um homossexual para um japonês?

Porque tem países da Ásia onde homens se cumprimentam com um estalo NA BOCA. Quer dizer que eles são gays?

“Ah, ele é obcecado pelo Sasuke.” Olha, se VOCÊ não iria até o fim do mundo pelo melhor amigo, tirá-lo de uma vida ruim, tem gente que iria.

É tudo tão simplista, com análises tão superficiais, carregadas de preconcepções culturais E individuais… Enfim…

@rafaelpombo

Sobrenomes Japoneses 151 – 200

12/04/2013 às 5:15 PM | Publicado em Informativo, Japão | 6 Comentários
Tags: , ,

Myoji

Voltando depois de outro hiato mais longo do que o devido, aqui estão mais cinquenta sobrenomes japoneses por ordem de frequência! Por incrível que pareça, ainda estamos no território do comum, ou seja, mesmo que aqui haja o sobrenome de número 200, ele ainda é bastante ouvido. Não é à toa que, segundo li, o Japão é o segundo país com maior variedade de sobrenomes, atrás apenas dos Estados Unidos.

Continue lendo »

Compilação de tweets não publicados (2)

21/10/2012 às 6:01 AM | Publicado em Besteiras, Papo com o Leitor | Deixe um comentário
Tags: , , , , , , , , ,

Às vezes acho que os hikikomori japoneses reclamam de barriga cheia. Pegar um ônibus no Japão, p. ex., deve ser menos estressante que aqui.

SOCIALIZAR de uma maneira geral, é o que estou querendo dizer. Nunca estive lá, não posso afirmar nada, mas é a impressão que ficou.

Sei lá, aqui parece que estão sempre querendo te passar a perna, tentando encontrar uma oportunidade pra te ferrar, rir de você, etc.

Uma teoria da minha irmã é de que o índice de suicídio do Japão e mesmo dos EUA é maior que o daqui devido a como cada cultura encara isso.

O brasileiro entende que é pra zoar e ser zoado mesmo, roubar e ser roubado, a vida é assim, engula. Já com os outros dois isso é sério.

Aí os questionamentos: O brasileiro é forte ou só é idiota? O japonês e o estadunidense são frescos ou corretos?

E ainda tem os fatores religiosos…

Bom, sei lá, eu acho que equilíbrio é vital em todas as áreas da vida, então… é.

@rafaelpombo

Conto: “Acabou a brincadeira”

17/10/2011 às 5:05 PM | Publicado em Informativo, Livros | 1 Comentário
Tags: , , , , , , , , , , , , ,

Oi, gente!

Recentemente postei no site oficial da minha série de light novels, Elementais, um conto que funciona como uma introdução ao universo do primeiro livro. O conto, nominado “Acabou a brincadeira”, deve agradar especialmente os otakus e fãs da cultura pop japonesa em geral por se situar em um ambiente familiar a essas pessoas: um evento de anime.

Convido, portanto, todos a lê-lo, e espero sinceramente que ele lhes desperte o interesse em adquirir o primeiro volume da série!

Bem, é isso, espero que gostem!

Nomes brasileiros em japonês

28/09/2011 às 4:51 PM | Publicado em Besteiras, Informativo, Japão | Comentários desativados em Nomes brasileiros em japonês
Tags: , , , , , ,

Oi, gente, há quanto tempo não venho aqui!

Hoje um colega da Internet, o Sr. Fabiano Alves, o Tolo, disse-me via Twitter para não fechar este meu blog aqui. Bem, fechar, eu não fecharia mesmo, no máximo só o deixaria abandonado, como esteve por mais de quatro meses (aliás achei que fossem muito mais do que quatro meses, hehe). Uma coisa que estava acontecendo aqui — e continua acontecendo — é a grande quantidade de comentários que recebo no post “Nomes Japoneses”, com pessoas perguntando como são seus nomes na língua nipônica. Bem, gente, por algum tempo eu respondi de bom grado a muitas dessas perguntas, mas devo dizer que o objetivo do post não era esse. É um post, como diz o título, sobre nomes japoneses, e não sobre como são nomes brasileiros em japonês. Por causa disso, resolvi fechar os comentários do famoso post e fazer um com os nomes brasileiros mais comuns em japonês. Talvez você não encontre o seu aqui, mas também não tem como listar todos os nomes existentes e suas variantes, não é?

Bem, vamos lá:

Maria (em japonês: マリア) [pronuncia-se: Maria]
Ana (em japonês: アナ) [pronuncia-se: Ana]
João (em japonês: ジョアン) [pronuncia-se: Joan]
Mateus/Matheus (em japonês: マテウス) [pronuncia-se: Mateusu]
Pedro (em japonês: ペドロ) [pronuncia-se: Pedoro]
Gabriel (em japonês: ガブリエル) [pronuncia-se: Gaburieru]
Luís/Luiz (em japonês: ルイス) [pronuncia-se: Ruisu]
Gustavo (em japonês: グスタボ) [pronuncia-se: Gusutabo]
Guilherme (em japonês: ギリェルメ) [pronuncia-se: Giryerume]
Júlia (em japonês: ジュリア) [pronuncia-se: Juria]
Kauã (em japonês: カウアン) [pronuncia-se: Kauan]
Lucas (em japonês: ルーカス) [pronuncia-se: Rūkasu]
Mariana (em japonês: マリアナ) [pronuncia-se: Mariana]
Nícolas/Nicolas (em japonês: ニコラス) [pronuncia-se: Nikorasu]
Rafael/Raphael (em japonês: ラファエル) [pronuncia-se: Rafaeru]
Vinícius (em japonês: ヴィニシウス) [pronuncia-se: Vinishiusu]
Daniel (em japonês: ダニエル) [pronuncia-se: Danieru]
Felipe (em japonês: フェリペ) [pronuncia-se: Feripe]
Gabriela (em japonês: ガブリエラ) [pronuncia-se: Gaburiera]
Kaíque (em japonês: カイーケ) [pronuncia-se: Kaīke]
Samuel (em japonês: サムエル) [pronuncia-se: Samueru]
Bruno (em japonês: ブルーノ) [pronuncia-se: Burūno]
Filipe (em japonês: フィリペ) [pronuncia-se: Firipe]
Francisco (em japonês: フランシスコ) [pronuncia-se: Furanshisuko]
Gabrieli (em japonês: ガブリエーリ) [pronuncia-se: Gaburiēri]
Giovanna (em japonês: ジョヴァンナ) [pronuncia-se: Jovanna]
Luan (em japonês: ルアン) [pronuncia-se: Ruan]
Miguel (em japonês: ミゲル) [pronuncia-se: Migeru]
Victor (em japonês: ビトール) [pronuncia-se: Bitōru]

Personagens de mangá, sua popularidade em diferentes países e uma análise

23/01/2011 às 8:28 PM | Publicado em Animes, Besteiras, Mangás, Papo com o Leitor | 22 Comentários
Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , ,

Certa vez, eu li em algum site sobre a diferença da fama de alguns personagens de mangá em diferentes países. Como assim? Ora, primeiramente, é evidente que o personagem de que você mais gosta não é necessariamente o personagem preferido de outra pessoa, muitas vezes nem está no Top 5 dela. Então não é estranho que haja uma variação também da popularidade de um personagem em vários países.

Continue lendo »

Sobrenomes Japoneses 101 – 150

23/01/2011 às 10:15 AM | Publicado em Informativo, Japão | Comentários desativados em Sobrenomes Japoneses 101 – 150
Tags: , ,

Myoji

E depois de eras, voltamos com a nossa lista dos sobrenomes mais comuns no Japão!! Mais cinquenta sobrenomes para vocês, espero que gostem e usem bem!

Sano
Sugimoto
Ōnishi
Furukawa
Hamada
Ichikawa
Komatsu
Takano
Mizuno
Yoshikawa
Yamauchi
Nishida
Nishikawa
Kikuchi
Kitamura
Igarashi
Fukushima
Yasuda
Nakata
Hirata
Kawaguchi
Kawasaki
Iida
Azuma
Honda
Sawada
Kubota
Yoshimura
Nakanishi
Iwata
Hattori
Tsuji
Seki
Tomita
Kawakami
Higuchi
Nagai
Matsuoka
Yamanaka
Taguchi
Morimoto
Yano
Akiyama
Ōshima
Ozawa
Hirose
Tsuchiya
Ishihara
Matsushita
Baba

Nomes Japoneses ~Deluxe Version~: Meninas

01/06/2010 às 4:41 PM | Publicado em Informativo, Japão | 7 Comentários
Tags: ,

Finalmente! Após tanto tempo depois de ter prometido, trago a lista especial de nomes japoneses para meninas! Espero que gostem!

——————————————————————————————————————————
Aemi, Aone, Akie, Akimi, Aya, Ikako, Ikumi, Isuzu, Izue, Itsumi, Ukiko, Utae, Utako, Unami, Umiko, Eiko, Echiko, Etsuko, Emi, Erika, Okie, Osana, Osami, Otoe, Otoha, Kaeko, Kaede, Kakuko, Kanae, Kayoko, Kikuko, Kinue, Kino, Kimie, Kyōko, Kunie, Kuniko, Kumiko, Kureha, Kuwako, Keiko, Keina, Kesae, Kesayo, Genmi, Kō, Kokona, Kotoe, Kotoko, Kotomi, Saika, Saeko, Sakurako, Sayami, Sayoko, Shizu, Shinako, Shinobu, Shisae, Shōka, Suika, Suemi, Suzuka, Suzune, Sunae, Seika, Seina, Setsue, Setomi, Senna, Sonae, Sonako, Sonami, Someko, Sorako, Takayo, Takie, Tasumi, Tadami, Tamae, Chikae, Chisaki, Chizuko, Chizuno, Chitomi, Tsukie, Tsujiko, Tsuneko, Tsunemi, Tsuyuna, Tetsumi, Terue, Terumi, Tenna, Tenwa, Toeko, Tokiko, Tomie, Tomomi, Tomika, Nao, Nanao, Nanae, Nanami, Namie, Niina, Nichika, Nina, Niho, Niyoko, Nuiko, Nue, Nukumi, Nusae, Nunomi, Neina, Neo, Neon, Nene, Neneka, Noeko, Nonoka, Nobue, Nodoka, Noriko, Hasumi, Hatsue, Hatsuko, Hatsumi, Harue, Hieko, Hikari, Hisae, Hisako, Hiwako, Fūka, Fūko, Fusako, Fujiko, Fumiho, Heika, Heiho, Heimei, Hekiru, Beniko, Hōko, Hokiko, Hoshiko, Hozumi, Honoka, Mami, Mamiko, Madoka, Matsuko, Manaka, Mie, Mieko, Mikako, Mikiko, Minori, Musubi, Mutsue, Mutsuho, Muho, Murako, Mei, Meika, Meina, Meimi, Meyumi, Moeka, Moemi, Motoe, Motomi, Monami, Yae, Yasue, Yasuka, Yasuko, Yasumi, Yuika, Yūne, Yūho, Yukako, Yukari, Yōko, Yoshie, Yoshiko, Yoshimi, Yoriko, Raika, Raiko, Raira (Laila), Rana (Lana), Rara (Lala), Rieko, Rikiko, Risako, Rizu, Ritsuko, Ruika, Ruina, Ruka, Runa (Luna), Rune, Reika, Reiko, Reina, Reino, Rena, Rōka, Rokue, Rokka, Rone, Romi, Wakae, Wakako, Wakaba, Wakami, Wakiko.
——————————————————————————————————————————

Próxima Página »

Blog no WordPress.com.
Entries e comentários feeds.