Trovão do Céu Azul

31/01/2017 às 7:07 PM | Publicado em Contos | Deixe um comentário
Tags: , , , , , , , , , , , ,

Eis um conto que postei recentemente no Wattpad, para quem gosta de uma fantasia leve. Espero que gostem, comentem e compartilhem.

capa-de-trovao-do-ceu-azul

Jisa mora com os irmãos mais novos na cidade portuária de Fána, ponto de passagem de diversas aeronaves e marcada por ladeiras íngremes. Devido à morte misteriosa dos pais, ela trabalha duro para criar os irmãos da melhor forma possível. Quando o mais velho arranja problemas na escola por conta do uso inapropriado de magia, Jisa vê-se obrigada a repensar sua vida: a relação com os irmãos, os segredos mantidos entre eles e a herança dos pais.

Clique aqui para ir à página da história no Wattpad.

Anúncios

Devaneios: livros brasileiros

12/10/2012 às 12:24 AM | Publicado em Livros, Papo com o Leitor | Deixe um comentário
Tags: , , , , , , , , ,

Excluindo o fator divulgação (algo estúpido de fazer, eu sei), certamente há alguma razão para que livros brasileiros sejam vistos como de qualidade inferior à de livros britânicos ou estadunidenses. Nenhum preconceito é por acaso, e não podemos negar que esse preconceito existe, talvez mais bem-fundamentado do que imaginamos.

Às vezes me pergunto se é o próprio cenário brasileiro que afasta os leitores. Tem gente que não quer ler sobre pobreza, favela e funk, por mais que sejam elementos da nossa realidade, e tem gente que acusa um livro de não estar em conformidade com a realidade só porque o enfoque da história é na classe B para cima e não na classe C para baixo.

É como se não importasse que tipo de história você tente escrever sobre o Brasil: o caos econômico e cultural parece não permitir que haja um sucesso nacional que não seja do Paulo Coelho.

Acredito que isso se aplique até à mentalidade de um personagem. Um protagonista honesto e disposto a morrer por uma ideologia ou por seus entes queridos? “Ah, isso não existe aqui!” Um protagonista malandro que passa a perna em todo o mundo? “Pô, só tem isso na ficção brasileira, que saco!”

Daí, talvez, a busca por uma literatura que retrate um cenário melhor (em alguns aspectos) e mais igualitário (isso, sem dúvida) como o de países desenvolvidos. É uma expatriação mental e voluntária.

Não sei qual é a saída, mas eu particularmente continuarei escrevendo o que acho que devo escrever. Ou melhor, o que quero escrever. A minha própria história tem de me agradar antes de agradar os outros. Aconteça ela no Brasil, em Atlântida ou em Nibiru.

Personagens de mangá, sua popularidade em diferentes países e uma análise

23/01/2011 às 8:28 PM | Publicado em Animes, Besteiras, Mangás, Papo com o Leitor | 22 Comentários
Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , ,

Certa vez, eu li em algum site sobre a diferença da fama de alguns personagens de mangá em diferentes países. Como assim? Ora, primeiramente, é evidente que o personagem de que você mais gosta não é necessariamente o personagem preferido de outra pessoa, muitas vezes nem está no Top 5 dela. Então não é estranho que haja uma variação também da popularidade de um personagem em vários países.

Continue lendo »

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.
Entries e comentários feeds.